quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Estela e a Chupeta

Olá, Tudo bom? 

Ontem a Susan do blog Ela Nalu, fez um post falando sobre como tentar tirar a chupeta da filha (que tem 2 anos e 9 meses) sendo que ela está gravida pela segunda vez. Mamães com mais de um filho, como vocês fizeram? Dá uma passadinha lá no blog da Susane dê um help! Conte a sua experiência.. tenho certeza que vai ajudar.

Aproveitando o ensejo, vim contar como foi esse etapa na vida da Estela. Como foi que conseguimos tirar a chupeta, sem estresse, sem pressão, sem trauma... Mas antes de começar adianto uma coisa: Muita calma nessa hora. Não se desespere. Cada criança tem um tempo certo pra tudo na vida... desde sair das fraldas até largar a chupeta.
Estela (hoje com 2 anos e 8 meses) até os 6 meses (mais ou menos) não pegava chupeta de jeito nenhum. Ela "fazia vômito" e cuspia - foram diversas tentativas, mas danada da chupeta não parava na boca de jeito nenhum. Ela na grande maioria das vezes fazia meu peito de chupeta e dormia mamando e foi assim até os 6 meses quando finalmente conseguiu "se adaptar" à chupeta. Talvez tenha sido por que ela começou como as papinhas, talvez não... mas continuou mamando no peito sem fazer ele de chupeta
A chupeta era liberada direto, a qualquer hora, em qualquer lugar... chorou dá a chupeta! Tá enjoada dá a chupeta! Quer dormir dá a chupeta! Bem assim, sem regras e limites. E pra nós funcionou bem, menos nas vezes que saia e esquecia a danada da chupeta em casa.
Assim como o desfralde (que prometo contar em breve como foi o processo), fomos por "etapas". Começamos limitando as horas de "chupar". Fomos aos poucos, sem pressa, sem desespero... Aqui fizemos assim:
- primeiro definimos que chupeta só seria usada na hora da soneca da tarde e depois pra dormir a noite.
- passado um tempo, limitamos somente para dormir a noite. Falávamos (marido e eu) que ela era uma princesa, que princesa não chupava chupeta de manhã, que só poderia usar a chupeta pra dormir e etc e tal. 

Ela sempre pedia a chupeta pra dormir a noite, depois ela parou de pedir porque já era automático pegarmos a chupeta e dar pra ela. Uma noite ela estava tão cansada que dormiu sem e depois desse dia decidimos não oferecer mais. Era esperar e ver como seria a reação. Depois de algumas noites dormindo sem, ela lembrou da chupeta. Achou uma perdida na gaveta dela. Ai eu disse que estava velha e que mamãe ia ver se encontrava uma outra pra ela. Ela nunca mais pediu chupeta e até hoje não esta mais usando.
Foi fácil? Não, nunca é. Não sei te dizer o tempo certo que levou, mas confesso que foi rápido até... As vezes vejo ela a noite "procurando" pela chupeta enquanto dorme - abre e fecha a boca como se a chupeta tivesse caído e coloca o dedo mão na boca, mas não chega a chupar. Logo depois pega no sono de novo e dorme tranquilamente.

Espero que a minha experiência possa ajudar outras mamães que, assim como a Susan, também estejam nessa fase de tirar a chupeta. Pode ser que funcione, pode ser que não. Como falei lá em cima, cada criança tem seu tempo, não force a barra. Mas não se estresse... faça o que julgue melhor para você e sua cria. Intuição de mãe existe sim e funciona muito bem nessas horas. Ninguém melhor que você - MÃE - sabe o que é melhor pra seus filhos!

Beijo grande,
A Mãe da Estela ♥

Um comentário:

Gi E Pedro disse...

Por aqui foi mais complicado. Pedrinho sempre chupou chupeta. E foram diversas tentativas. Cortei até o bico e falei que tinha quebrado. Ele tentou colar a chupeta e quando viu que não tinha jeito, foi um chororô danado. Não funcionou.
Tentei diversas vezes tirar a chupeta durante o dia, mas ele fazia escândalos e eu acabava cedendo. Ai tentei deixar ele dormir sem oferecer a chupeta. Escândalo outra vez!
Ai um belo dia acordei disposta a colocar em prática uma ideia que vinha martelando na minha cabeça durante dias.
Peguei a chupeta dele e melei de doce de leite e falei que era o cocô do cachorro e que se ele quisesse a chupeta, ele teria que chupar daquele jeito. Não quis de jeito nenhum. Horas mais tarde, ele pediu pra eu lavar a chupeta, mas fui firme e disse que não. Que se ele quisesse seria daquele jeito. Parou de pedir. Pedia uma vez ou outra mas bem raramente e hj quando mostro a chupeta pra ele, ele tem nojo. Tentei colocar a chupeta na boca dele e ele tirou na hora. Falou que era cocô!
Comigo deu certo! E viva a criatividade materna! hahahaha
É só ter perseverança que uma hora dá certo. Acho que diferente da fralda, chupeta não tem uma hora em que a criança está preparada. Porque se deixarmos vai além do que imaginamos, ela acha o ato de chupar chupeta uma necessidade, mas sabemos que é vício. E eu acho feio criança de 3 anos acima de chupeta. Coloquei uma meta comigo mesma que de dois anos não passaria. Pedrinho parou com a chupeta com 2 anos 3 meses.
E no próximo filho vou dar chupeta do mesmo jeito. Agora se esse plano vai funcionar, já vai ser outra história!
Boa sorte pra quem tá tentando.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...